Como

Como abrir uma empresa a partir do zero e não falhar

Parte 1. Tenha uma ideia
Parte 2. Faça um Plano de Negócios
Parte 3. Faça um Plano de Marketing
Parte 4. Conseguir um financiamento
Parte 5. Construa a sua infraestrutura
Parte 6. Construa uma Base de Clientes
Parte 7. Seja pago

Abrir uma empresa própria não é para quem é fraco de coração. É muito estressante e exige foco total. Por outro lado, também pode ser uma experiência gratificante profissionalmente e pessoalmente.

Aqui estão algumas dicas úteis sobre como dar vida ao seu negócio próprio.

Mas antes que você comece a desvendar este segredo, gostaríamos de aproveitar e lhe informar sobre o gerador de logos online Logaster – caso você esteja também precisando criar um logo e uma identidade corporativa para a sua empresa O processo de criação do logotipo não requer nenhuma habilidade técnica. Você pode testar aqui.

Parte 1. Tenha uma ideia

Pense em ideias de negócio

Você precisará ter uma ideia de negócio antes de fazer qualquer coisa.

business idea

Você pode fazer uma pesquisa de mercado para ter uma imagem clara do seu negócio. Seu negócio deve ser algo pela qual você é apaixonado, pois ele consumirá uma grande quantidade de tempo e dinheiro. Pense a respeito de algumas ideias de negócio identificando coisas necessárias para as pessoas e coisas que elas estão dispostas a pagar, que não já não seja fornecida em sua região ou que você possa fornecer melhor do que qualquer outra pessoa.

Se você ainda não decidiu exatamente qual vai ser o ramo do seu negócio, faça um brainstorming primeiro. Anote algumas ideias no papel, converse com um amigo ou dois sobre as suas ambições e interesses ou simplesmente procure online em um colecionar de ideias.

O conselho de “fazer o que você ama” é dado por um motivo, é claro – é mais fácil dirigir um negócio se você é apaixonado (e bem informado) sobre o que você está oferecendo. Então, se você tem paixão por modelos de trem, não tente começar uma loja de equipamentos de golfe apenas porque você acha que vai ganhar mais dinheiro!

Após o brainstorming, você deve fazer uma pesquisa online para ver quais tipos de negócios já existem e podem potencialmente estar no mesmo nicho daqueles que você está considerando. Isso pode fazer com que você descubra os seus possíveis concorrentes e até mesmo identificar que o mercado está mais saturado do que você esperava.

Após a conclusão de sua pesquisa, reduza as suas escolhas e tente tomar uma decisão final para o seu negócio. Lembrando que você não precisa escolher com base apenas nos produtos ou serviços que você planeja oferecer – você pode ter um nicho baseado em localização, preço e assim por diante, ou uma combinação destas coisas.

Compartilhe as suas ideias de negócios com amigos e familiares

Seus amigos e familiares mais próximos provavelmente serão mais honestos com você sobre a sua empresa. Não hesite em procurar os conselhos e sugestões deles.

Considere se é possível

Antes de ir além, pense em quão plausível é a sua ideia. É algo que as pessoas realmente comprariam? Será que geraria lucro suficiente para valer a pena gastar o seu tempo nisso? Será que é possível colocá-la em prática? Pois, embora seja ótimo ter um computador que faça com que a comida apareça magicamente, é simplesmente impossível que isso aconteça (a menos que você seja Patrick Stewart).

Certifique-se de que a sua ideia é única

Seja qual for a sua ideia, certifique-se de que ela é tão única quanto o possível. Isso o ajudará a eliminar ou a combater significativamente a concorrência, o que tornará a sua empresa mais bem-sucedida. Apenas alterar um pouco um produto atualmente existente (como trocar a cor de vermelho para azul ou algo assim) não é suficiente para construir um novo negócio, então, ponha a cabeça para funcionar!

Escolha um nome de empresa

Pense em um nome que melhor se adapte à sua empresa. Em seguida, verifique se o nome do domínio está disponível online, bem como, se ele é livre para usar em sua cidade, estado e país.

Parte 2. Faça um Plano de Negócios

business plan

Determine o seu custo de operação

Você precisará de um plano de negócios sólido para apresentar a possíveis investidores. O melhor lugar para começar a fazê-lo é determinando o seu custo básico de operações. Isso irá descrever e ajudá-lo a determinar a quantidade de dinheiro necessário para produzir o produto ou oferecer o serviço que você pretende. Nele devem estar inclusos os custos de produção, transporte, impostos, salários dos funcionários, aluguel, etc.
Conhecer o seu custo de operações será vital para determinar se a sua empresa será rentável, pois você precisará faturar mais que isso para permanecer no negócio.

Determine o mercado potencial

Seja realista. Quantas pessoas usarão a sua empresa de verdade? Quanto elas pagarão para usarem os seus serviços? Se qualquer um dos números for muito pequeno em comparação com o quanto você vai gastar para operar o negócio, então você deve reconsiderar ou alterar os seus planos.

Determinar problemas

Você precisará planejar antecipadamente todos os problemas que podem prejudicar a gestão da sua empresa.
Avalie a sua concorrência. Se a participação deles no mercado ou oferta de produtos for muito forte e estável, então você terá dificuldade de entrar no mercado. Ninguém vai querer comprar uma versão igualmente barata ou mais cara de um produto ou serviço já existe e é perfeito.
Você também precisará explorar os regulamentos e leis associadas ao seu negócio, especialmente no que diz respeito a impostos. Você deve perguntar às autoridades e contadores locais, além de obter informações do Imposto de Renda.
Certifique-se de que não existam custos proibitivos, como equipamentos muito caros que inviabilizarão a rentabilidade de seu negócio. Por exemplo, os carros não vingaram até que Ford descobrisse como torná-los mais baratos, construindo equipamentos mais eficientes.

Parte 3. Faça um Plano de Marketing

Crie um orçamento para isto.

Uma vez que você tem uma ideia geral de quanto dinheiro você terá para abrir a sua empresa, dedique uma parte deste orçamento para o marketing anotando o quanto de dinheiro estará disponível para gastar em publicidade.

Crie ideias adequadas ao seu orçamento

Quando você conhece a quantidade de dinheiro que você tem, pesquise os custos de diferentes tipos de marketing e forneça ideias que se enquadrem nesses métodos e sejam efetivas para a sua faixa de preço. Se você tem muito dinheiro para gastar em marketing, por exemplo, você pode considerar fazer um comercial. Se você não tem quase nenhum, você deve pensar em maneiras de usar efetivamente as mídias sociais, o que é muito eficaz quando se tem pouco dinheiro.

Planeje o tempo e o local das ações de marketing

Uma vez que você conhece o tipo de marketing que pretende fazer, pense nos lugares mais eficazes para anunciar e a que horas do dia, mês ou ano será melhor para alcançar o seu público-alvo.
Você vai querer ter certeza de que está usando o marketing apropriado para o tipo de pessoas que espera que estejam interessadas em seu produto ou serviços. Há pouco interesse em usar as mídias sociais para, por exemplo, anunciar uma linha de cruzeiro para pessoas de mais de 55 anos. Por outro lado, se você estiver fazendo propaganda de seu novo clube de dança, um jornal impresso provavelmente não será a sua melhor aposta. Também não há motivos para você anunciar um negócio que é apenas disponível em Chicago para pessoas de Seattle, então considere a localização física também.
Se os seus serviços forem sazonais, você quer considerar o melhor horário do ano para anunciar. Além disso, as propagandas de televisão precisarão ser precisas para que a demografia correta esteja observando quando elas forem para o ar.

Parte 4. Conseguir um financiamento

money
Fale com o seu banco. Fale com um banco na qual você já tenha um relacionamento positivo. Pergunte sobre o tipo de empréstimos de para novos negócios eles oferecem e como eles podem beneficiar o seu negócio. Ao usar um banco que você já conhece, o banco terá acesso fácil aos seus registros financeiros e terá mais confiança para investir em você.

Obter investidores locais

Se os empréstimos bancários não forem suficientes, procure investidores locais. Pode haver um magnata empresarial local ou outra pessoa igualmente rica que tenha interesse em ver você ter sucesso. Pesquise pessoas em sua área que possam ter fundos e motivação para ajudá-lo.

Procure capital de risco ou investidores anjos. Os anjos são indivíduos de alto patrimônio líquido e os capitais de risco são empresas. Ambos podem financiar um empreendimento promissor de alto risco em troca de uma participação (parceria) e muitas vezes trazem à mesa experiência, expertise em gerenciamento e contatos. Eles geralmente trabalham através de uma rede ou associação.

Aborde amigos e parentes

As pessoas que o conhecem há mais tempo estão mais propensas a terem fé em suas habilidades e intenções. Estas são também as pessoas que provavelmente darão apoio a você se nas horas difíceis dos estágios iniciais do empreendimento ou quando você precisar arrecadar mais dinheiro. No entanto, sempre deixe claro que o dinheiro é destinado ao capital de risco e eles podem perder completamente ou pode não ser devolvido em curto prazo.

Use o financiamento crowdfunding

Se você ainda não conseguir recursos financeiros suficientes, use sites para levantar o dinheiro que você precisa para começar. Essas fontes de financiamento têm vários benefícios: você não terá que pagar juros sobre o dinheiro que conseguir (uma vez que é dinheiro usado para fornecer produtos ou serviços reais) e isso irá ajudá-lo a não apenas avaliar o interesse por aquilo que você tem a oferecer, mas também ajudará você a construir uma base de clientes. Você iniciará negócios com centenas ou milhares de clientes já alinhados e pronto para contar a outras pessoas sobre o que você tem a oferecer.

Determine a estrutura legal

Configure em que forma de propriedade é melhor para você: uma empresa simples, uma parceria, uma sociedade de responsabilidade limitada, uma corporação, uma corporação S, uma organização sem fins lucrativos ou uma cooperativa.

Registre o nome da sua empresa

Se o seu nome comercial proposto estiver disponível, registre ele na junta comercial, faça com que ele seja registrado a nível estadual e federal e assegure um nome de domínio.

Aproveite recursos gratuitos

Inúmeros recursos gratuitos podem oferecer conselhos, treinamento e assistência. Aqui está uma lista de + de 300 Recursos Incríveis para Empresários e Startups.

Seja flexível

As chances de que a sua ideia original seja modificada são grandes. Ser capaz de pivotar e se adaptar para criar o que os clientes desejam determinará se a sua empresa falhará ou terá sucesso.

Registrar e Reportar

Não importa de qual fonte você obterá os fundos, assegure-se de fornecer informações operacionais, estratégicas e contábeis importantes aos seus financiadores periodicamente, geralmente duas vezes por ano. É uma boa ideia realizar uma reunião do conselho se todos puderem participar fisicamente. Caso contrário, faça isso via teleconferência.

Parte 5. Construa a sua infraestrutura

Consiga um escritório

Se você ainda não estiver faturando, então não se preocupe com um escritório ou depósito ainda.

Você precisará de um espaço para executar o seu negócio mais tarde. Poderá ser um escritório em casa se você precisar de pouco espaço e não terá funcionários ou pode exigir uma oficina ou armazém inteiro. Procure por um bairro com aluguel de baixo custo ou incubadoras de empresas em vez de um endereço em área nobre. Algumas universidades disponibilizam espaços de baixo custo para novos empreendimentos com base em uma ideia científica inovadora. Depende do que você fará e de quão grande você pretende que o seu negócio seja. Certifique-se de que o espaço esteja de acordo e legalizado quanto à sua intenção de uso e que fique dentro do seu orçamento.

Comprar equipamento

Compre todas as coisas que você precisa para começar a trabalhar. Isso pode significar material mecânico, computadores, telefone ou material de artesanato. Tudo depende do que você está fazendo. Procure comprar de empresas que fornecem para empresas, pois elas terão descontos significativos. Se seu capital está curto, alugar também é uma opção atrativa, para não bloquear seus fundos.

Criar um sistema de registros

Desde calcular e pagar impostos até descobrir por que misteriosamente sumiram $2.000 e até para pesquisar registros de clientes para descobrir se a Sra. Jones, de fato, pagou a sua conta, você vai precisar de um bom sistema de registros para ajudar o seu negócio a funcionar de forma suave e eficiente. Invista em armários de arquivo, rótulos e software de registros para manter tudo organizado e funcionando.

Parte 6. Construa uma Base de Clientes

Faça uso do marketing e RP

Você vai querer alcançar clientes em potencial e descobrir as maneiras que eles desejam usar o seu negócio. Isto é especialmente importante quando você começa pela primeira vez, antes de você conseguir uma base de clientes estabelecida e regular.

A propaganda é uma forma de no mínimo alcançar a atenção dos clientes e, esperançosamente, pode ir além e capturar a imaginação deles. Seja criativo e atrativo nos aspectos certos para conquistar os clientes para o seu negócio.
Ofereça amostras grátis do que você faz para as pessoas certas, para que as pessoas digam boas coisas sobre o que você tem a oferecer. O boca a boca (ou seja, o bom RP) é a melhor maneira de atrair novos clientes. Se você receber críticas ruins ou comentários negativos, responda positivamente e corrija o problema. As pessoas serão muito menos críticas quanto a erros se você estiver disposto a conserta-los.

Use a rede de contatos à moda antiga

Ir para conferências, jantares de caridade, reuniões com empresas complementares e em qualquer lugar onde os seus clientes possam estar altamente concentrados. Em outras palavras: saia em público e interaja com as pessoas. Use as conexões de seus amigos para conhecer pessoas que possam ajudá-lo. Esse tipo de interação é muito importante para iniciar um negócio. Afinal, você não pode existir no vácuo.

Tenha excelentes habilidades de atendimento ao cliente

Seja bom em interagir com as pessoas. Pratique a leitura entre linhas em relação ao o que as pessoas dizem. Saiba como atender às necessidades que eles não sabiam que tinham. Descubra como fazer as pessoas felizes. Seja charmoso. Mais importante ainda, seja humilde. O cliente nem sempre está certo, mas você precisa poder deixá-los pensar que sim.

Entregue o produto ou serviço rapidamente

Seu negócio é um trabalho em andamento e, se você criar ou oferecer o seu produto ou serviço rapidamente, você poderá criar uma comunidade de clientes que podem fornecer feedback valioso e assim ajudá-lo a melhorar as ofertas. Nas palavras do fundador do LinkedIn, Reid Hoffman, “Se você não está envergonhado com a sua primeira versão do produto, você o lançou muito tarde.”

Tenha um site

O mundo mudou para o online. Qualquer empresa que pretenda sobreviver nos próximos dez anos terá que ter um site. As pessoas vão usá-lo para contatá-lo, encontrar a sua localização, conhecer as suas horas de operação, fazer perguntas, fazer sugestões e talvez até comprar os seus produtos ou serviços. Ao ter um site ou serviços que estão disponíveis na internet, você poderá expandir a sua área de serviço em toda a sua região ou até mesmo no mundo.

Tenha um logotipo

Uma das tarefas mais comuns ao fazer um site novo, seja um blog ou um site comum, é criar um logotipo para o site. Dependendo de seus talentos artísticos, criar logotipos pode ser algo que você faça de olhos fechados ou pode ser algo que lhe cause insônia.
Se você não tem muito dinheiro e tempo para criar o seu próprio logo, experimente o gerador de logo online Logaster.
O Logaster ajuda a criar logotipos de aparência agradável de forma rápida e fácil. É perfeito para esse momento em que você precisará de um logo acessível.
Basta inserir o nome da sua empresa e escolher o tipo de empresa. Então, Logaster oferecerá diferentes opções de logotipo, uma das quais se tornará a base da sua identidade corporativa.

Logaster

Poste em seu blog o tempo todo

Não fique envergonhado de compartilhar seus triunfos e lutas. Os clientes irão apreciar a sua honestidade.

Encontre os funcionários certos

Contrate as pessoas certas para o trabalho. Mesmo que o negócio seja seu, você não será qualificado para executar todas as tarefas e é por isso que você precisa de pessoas qualificadas para completar o trabalho.

Contrate um redator

A menos que você seja um excelente escritor, contrate um redator para compor e-mails para clientes altamente direcionados. Um redator também será útil para comunicados de imprensa e outras peças para divulgar a consciência da marca ou fornecer atualizações de negócios.

Não tema a concorrência

Não fale mal da concorrência quando conversar com investidores ou clientes. Não há necessidade de fazer drama. Na verdade, falar desta maneira pode até direcionar os clientes a um concorrente que possa oferecer um produto ou serviço que você não faz. Lembre-se, quando a concorrência existe, existe um mercado para o seu negócio. Use esse conhecimento como inspiração para superar um rival.

Beneficie-se do boca-a-boca

Nada bate um bom e velho boca a boca. Deixe amigos, membros da família e influenciadores em seu campo falarem bem e espalharem sobre o seu produto ou serviço.

Diga adeus à sua vida social

Você vai gastar muito tempo dedicado ao negócio. Mesmo se você planejar uma noite de descanso e curtição com amigos, você pode precisar sair cedo porque uma lâmpada simplesmente queimou. Espero que os mais próximos de sua vida entendam.

Parte 7. Seja pago

Solicitar pagamento

credit card

Não permita que as pessoas se aproveitem de você. Exija o pagamento dentro de uma janela de tempo específica (conforme for apropriado para o que você faz). Envie a fatura para as pessoas o mais rápido possível. Se alguém atrasar o pagamento, fale com eles. Se você ignorar esses problemas esperando que eles se resolvam sozinhos, você vai se encontrar trabalhando de graça e a sua empresa num buraco.

Aceite cartões de crédito

Muitas poucas pessoas pagam consistentemente por produtos ou serviços com dinheiro. Será muito mais fácil para o seu negócio, bem como a manutenção de registros e contabilidade, se você aceitar cartões de crédito e débito. Se você quiser economizar taxas ridículas ou manter o seu negócio mais móvel, considere usar o Square. Este dispositivo se conecta a um smartphone ou tablet e permite que você passe o cartão do cliente.

Configure um sistema online

Se você planeja ter produtos à venda online, você precisará se certificar de configurar um sistema de pagamento online. Serviços como o PayPal tornam isso incrivelmente fácil. Pesquise para descobrir qual método é o melhor para você. No entanto, certifique-se de que qualquer sistema que você use seja seguro. Você não deseja que suas informações ou as informações do seu cliente sejam pirateadas ou roubadas.

Certifique-se de que os clientes paguem as contas deles

Garanta que você receba o pagamento por seus produtos ou serviços. Estabeleça um prazo para o pagamento. Também não seria nada mal aceitar cartões de crédito e ter um sistema de pagamento online configurado.

Bem, finalmente…

Seja paciente

Tenha sempre em mente que o sucesso não acontecerá da noite para o dia. Vai demorar algum tempo antes de você fazer certo lucro.

Perceba quando for hora de seguir em frente

A falha faz parte. Se as coisas não estão funcionando e você fez de tudo o que podia, deixe o seu orgulho e feche a loja. Algo assim não é fácil de aceitar. Mas é o melhor.

Sobre liliia trokhymchuk

Nenhuma informação sobre o autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>