Lobos, ursos, veados e dinossauros costumam ser os principais símbolos das marcas esportivas. Por trás de cada logo, há uma história emocionante que contaremos hoje.

Los Angeles Lakers

No final dos anos 40, a equipe recebeu o nome de Minneapolis Lakers por causa dos milhares de lagos famosos da região. Seu símbolo era formado por uma imagem do estado, uma bola amarela e a assinatura “MLPS Lakers”.

Em 1960, quando a franquia se mudou para Los Angeles e fez o rebranding da marca, uma bola de basquete dourada com a assinatura em roxa “Los Angeles Lakers” se tornou o logo da equipe. Desde então, o logo manteve o formato passando somente por algumas pequenas alterações.

Los Angeles Lakers Logo

Milwaukee Bucks

Mais de 14.000 fãs participaram do concurso que iria escolher o nome pro time em 1968. A versão vencedora foi “buck”, nome dado a um cervo adulto e também associado à velocidade e agilidade. O fã que sugeriu este nome venceu o concurso e ganhou um carro. Foi assim que animal se tornou o mascote do time.

Desde então, o Milwaukee Bucks passou por quatro tipos de logos. O primeiro, é o mais memorável. Era um cervo divertido em formato de desenho animado com um blusão com a letra “B”. Após 25 anos, o animal se tornou mais agressivo e recebeu uma cor verde e um rosto ameaçador com grandes chifres. Apesar de pequenas modificações, este estilo permaneceu até agora. Ele tem dois segredos: o pescoço do animal se assemelha a um “M” e o espaço negativo entre os chifres se assemelha a mãos segurando uma bola.

Milwaukee Bucks Logo

Chicago Bulls

O logo do Chicago Bulls é um dos logotipos mais reconhecidos e custosos da NBA. Ele permanece inalterado desde 1966. Este foi o ano de fundação da franquia. O nome está associado à história de Chicago, onde se localizava um matadouro mundialmente famoso.

O nome curto e vibrante era tão forte quanto o coice de um touro e o caráter dos jogadores do Chicago Bulls. O espírito agressivo e enérgico foi amparado pelas cores vermelho e preto.

Chicago Bulls Logo

Miami Heat

A imagem de uma bola de basquete em chamas entrando em uma cesta apareceu no primeiro logotipo nos anos 80. A ideia foi complementada pelas cores laranja e preto e com a letra “T” sendo modificada para um formato de chama. Após 11 anos, a imagem recebeu tons mais intensos onde a cor vermelha foi adicionada. Este formato ainda é válido para os dias atuais.

Miami Heat Logo

Toronto Raptors

Em 1993, o grande sucesso do cinema ‘Parque dos Dinossauros’ despertou um interesse sem precedentes nos dinossauros. Na mesma época, a equipe do Toronto Raptors foi fundada no Canadá.

Um predador com uma bola de basquete vestindo uma camiseta com a letra “R” foi o primeiro design do logo. O círculo que circundava a imagem estava decorado com pontas. A imagem foi modificada várias vezes e, cinco anos atrás, foi radicalmente renovada. Agora parece mais agressivo e elegante: no círculo vermelho contra um fundo preto, há uma bola de prata com grandes marcas de garras.

Toronto Raptors Logo

Houston Rockets

A palavra “foguetes” refere-se ao local de origem do clube: primeiro, tinha sede em San Diego, onde os foguetes “Atlas” foram desenvolvidos, e depois mudou-se para Houston, onde está localizado o Centro de Ciência Espacial da NASA.

Desde os anos 60, seu estilo visual mudou seis vezes: foram usadas bolas incomuns, foguetes e até um personagem de desenho animado voando com um foguete nas costas.

Neste milênio, o logo foi alterado para um formato de texto: a cor vermelha e a letra “R” dominaram, sendo que este último parecia um foguete sendo lançado. Depois, o “R” foi colocado dentro de uma bola cinza e preta rodeada pela inscrição “Houston Rockets”.

Houston Rockets Logo

Boston Celtics

O nome da equipe faz referência à história de Boston, onde muitas pessoas têm raízes irlandesas. Nos anos 40, esse conceito foi incorporado através de um trevo branco sobre um fundo verde conhecido como símbolo da Irlanda.

Logo os “celtas” adquiriram um mascote – um duende irlandês com um cachimbo e uma bengala. Essa imagem, modificada diversas vezes, acompanha a identidade da equipe até hoje. A cor verde esmeralda “irlandesa” também permanece inalterada.

Boston Celtics Logo

Utah Jazz

O nome do clube vem de sua história que começou nos anos 70 em New Orleans – uma das capitais do jazz. A palavra “jazz” pegou tão bem que eles decidiram mantê-la mesmo depois de se mudarem para Salt Lake City.

A terra natal dos “Jazzmen” também definiu o conceito musical de sua identidade de marca. No primeiro logotipo baseado em texto, a letra “J” lembrava uma nota e uma bola. Depois, os designers integraram uma imagem de montanhas pelas quais Utah é conhecido. Mas em 2015, decidiu-se voltar somente ao texto “jazz” com algumas pequenas melhorias e pintá-lo nas ricas cores amarelo, verde e azul.

Utah Jazz Logo

Orlando Magic

Em 1986, um concurso foi realizado em Orlando para decidir o nome do novo clube. A vencedora foi a filha de sete anos do dono que chamou a cidade de “mágica”.

Curiosamente, na história dos “Magics” a identidade foi renovada apenas três vezes e apenas com pequenas alterações. A ideia principal permanece a mesma: a inscrição “Orlando Magic”, uma bola, estrelas e a paleta de cores em branco e azul.

Orlando Magic Logo

Phoenix Suns

Outra marca que possui um símbolo fixo em sua identidade: o sol. O estado do Arizona, onde o clube foi fundado, é um dos mais ensolarados dos Estados Unidos; isso é mostrado até mesmo em sua bandeira.

Curiosamente, os líderes da empresa não gostaram do primeiro logotipo pintado por um artista por 5 mil dólares. O novo logotipo criado na gráfica custou apenas US$200. A bola em forma de sol com a inscrição “Phoenix Suns” foi desenhada em roxo e laranja. Essa paleta de cores foi mantida por 45 anos, embora a imagem tenha sido corrigida várias vezes. Em 2013, foi apresentada uma nova versão com fundo preto e fonte futurista.

Phoenix Suns Logo

Brooklyn Nets

O clube passou por constantes mexidas e rebranding. Sua terra natal nos anos 60 foi Nova Jersey e o nome era New Jersey Americans. Depois de se mudar para Long Island, os “Americans” mudaram seu nome para o New York Nets. A palavra “Nets” rimava com o “Mets” e “Jets”, nomes das outras equipes de Nova York, além de ser uma palavra associada ao basquete. A equipe retornou a Nova Jersey com o nome de New Jersey Nets.

Não é surpresa que a identidade corporativa mudou constantemente. Apenas as cores da bandeira americana permaneceram inalteradas. Quando os “Nets” se mudaram para o Brooklyn, um de seus proprietários, o rapper Jay-Z, se inspirou nos antigos sinais do metrô de Nova York. Ele ajudou a criar um logo na forma de um escudo preto com a palavra “Nets” pintada de branco e uma bola de basquete.

Brooklyn Nets Logo

Atlanta Hawks

Este clube é um recordista em renomear e mudar sua identidade visual. Desde 1946, ele mudou para quatro estados diferente e desenvolveu 11 símbolos, quase sempre mantendo apenas seu mascote, que é um falcão.

O pássaro era retratado de maneiras diferentes: às vezes, segurava uma bola nas garras, às vezes, se preparava para jogá-la na cesta e, às vezes, era apenas uma imagem esquemática. Atualmente, o perfil vermelho da ave predadora é cercado por um círculo com a inscrição “Atlanta Hawks”.

Atlanta Hawks Logo

Portland Trail Blazers

O nome da marca, fundada em Portland em 1970, refere-se a construtores de ferrovias do Oregon. Para a identidade da marca, os únicos símbolos sempre utilizados foram cinco listras curvas vermelhas e cinco pretas (depois prateadas e brancas), simbolizando os jogadores na quadra. Por 50 anos, sua identidade visual permaneceu minimalista e reconhecível.

Portland Trail Blazers Logo

Denver Nuggets

A equipe mudou várias vezes de nome (incluindo Rockets e Larks) até chegarem ao nome definitivo: Nuggets. Ele lembra a “corrida do ouro” no Colorado no século XIX.

O logo mostra um mineiro alegre, com um martelo em uma mão e uma bola na outra. Então o conceito foi drasticamente alterado várias vezes: a imagem chegou a mostrar as silhuetas das casas de Denver e, nos dias atuais, mostra as montanhas. Em 2019, o símbolo adquiriu uma forma circular. Duas cores douradas foram cruzadas contra um fundo azul escuro.

Denver Nuggets Logo

Sacramento Kings

Uma das equipes mais antigas da NBA mudou de cidade e de nome várias vezes. Em 1945, foi chamado de Rochester Royals. Essas palavras se destacaram em um logotipo roxo em forma de escudo. Depois de se mudar para Cincinnati, a equipe se transformou-se no Cincinnati Kings e recebeu o mascote na forma de uma bola de basquete sorridente. Em seguida, o logo foi remodelado novamente na forma de um escudo.

Depois de se mudar para Kansas e Sacramento, os “Kings” mudaram seus nomes, mas não a identidade. Foi em 1994 que eles decidiram atualizar o logo completamente, o tornando mais agressivo. A coroa com lanças cruzadas foi emoldurada pela inscrição “Sacramento Kings”. Por fim, há alguns anos, a equipe recebeu um símbolo moderno e conciso em forma de escudo.

Sacramento Kings

Dallas Mavericks

Fundado em 1980 em Dallas, o clube deve seu nome a Samuel Maverick, um proprietário de terras do Texas que se recusou a marcar seu gado. Este nome se tornou um símbolo de independência e dissidência.

Não é surpresa que o primeiro logotipo tenha um chapéu de cowboy. E desde 2002, o emblema do Dallas Mavericks é o perfil de um cavalo com um escudo de prata.

Dallas Mavericks Logo

San Antonio Spurs

Dos anos 40 aos 70, a equipe foi chamada de Dallas Chaparrals e, em seguida, Texas Chaparrals (“chaparral” é uma espécie de arbusto do Texas). Mas em 1973, para atrair mais fãs, o nome foi mudado para o San Antonio Spurs como uma homenagem à história do Oeste Selvagem (por causa da espora associado aos cowboys).

Os três primeiros logotipos mostravam o cuco californiano (geralmente habitando os bosques chaparrais) com uma bola. E desde os anos 70, a espora formada pela letra “U” surgiu e tem dominado a identidade desde então. Essa ideia também se reflete na paleta de cores preto e cinza associada ao metal.

San Antonio Spurs Logo

Charlotte Hornets

A equipe com um passado conturbado sobreviveu ao rebranding duas vezes. No final dos anos 80, começou como o Charlotte Hornets com o logo exibindo uma vespa jogando basquete. 

Após seu declínio e renascimento, ele foi renomeado para o Charlotte Bobcats por causa do grande número de linces na Carolina do Norte. O logo ficou dinâmico: o perfil do lince em movimento era complementado por uma fonte inclinada alongada. Mas em 2014, os “Bobcats” se tornaram os “Hornets” novamente. O espírito agressivo é representado por um olhar ameaçador, uma ferrão preso à bola e as asas abertas da vespa.

Charlotte Hornets Logo

Cleveland Cavaliers

O nome do clube foi escolhido pelos fãs em 1971. “Cavaliers” significa cavaleiros que foram famosos por sua bravura e determinação. Essa ideia pode ser percebida em quase todas as versões da identidade da marca.

Em anos diferentes, os símbolos foram um mosqueteiro, uma bola com uma espada, a palavra “Cavs” com um “V” na forma de um aro. A versão moderna é um escudo preto com a frase “Cleveland Cavaliers” e uma espada emoldurada pela letra carmesim “C”.

Cleveland Cavaliers Logo

Washington Wizards

Os jogadores começaram suas carreiras nos anos 60 em Chicago sob o nome de Chicago Packers. Depois de se mudar para Baltimore, a antiga capital arsenal, o nome foi alterado para Baltimore Bullets. A solução mais memorável para os logos daquele período foi a transformação das letras “LL” que formavam mãos arremessando uma bola de basquete.

Washington Wizards Logo

Nos anos 70, o clube foi parar em Washington sob o nome de Capital Bullets e depois. Washington Bullets. No entanto, as associações negativas com a palavra “Bullet” (bala de revólver) fizeram o proprietário pensar na mudança de nome. Foi assim que o Washington Wizards nasceu com um logo mostrando um mago barbudo. A versão moderna é bastante patriótica: é uma bola em vermelho e azul e uma das costuras no formato do Monumento a Washington. 

Washington Wizards Logo

New York Knicks

“Knickerbocker” é o nome dado aos descendentes de colonos holandeses presentes nas origens de Nova York. Essa palavra serviu de base para o nome da equipe de Nova York.

A marca adere ao conceito simples de identidade visual. O primeiro logotipo, em 1946, exibia um holandês gordinho jogando basquete. Depois os designers recorreram à imagem da bola com a palavra “Knicks”. Curiosamente, a paleta de cores também permaneceu inalterada: possui cores azul, branco e laranja, como a bandeira da cidade de Nova York e a antiga bandeira holandesa.

New York Knicks Logo

New Orleans Pelicans

Os “pelicanos” nasceram da equipe do Charlotte Hornets fundada no final dos anos 80 na Carolina do Norte (por causa do passado belicoso da cidade, foi chamado de “The Hornet’s Nest”). Embora esse apelido tenha perdido o significado em New Orleans, eles decidiram mantê-lo. Durante décadas, uma vespa na cor turquesa em diferentes variações serviu como mascote.

No entanto, em 2013, o clube abandonou a franquia Hornets e se transformou no New Orleans Pelicans (pois os pelicanos simbolizam Louisiana). O logo atual é formado por um pelicano dourado e azul com as asas abertas segurando uma bola no bico.

New Orleans Pelicans Logo

Philadelphia 76ers

Embora o clube precisou passar por uma mudança de nome, ambos os nomes representavam a ideia de patriotismo. A história da marca começou em 1946 em Siracusa com o nome Nationals e o logotipo na forma de um mapa estilizado dos Estados Unidos.

Após a venda da franquia e mudança para a Filadélfia, apareceu o Philadelphia 76ers (1776 foi o ano da assinatura da Declaração de Independência Americana). A equipe ganhou o apelido de “Sixers” e o logotipo vermelho e azul na forma do número 76 e um círculo de estrelas.

As cores e o conceito da identidade ainda são mantidos até hoje. O logotipo apresenta uma bola com a inscrição “76ers” cercada por estrelas.

Philadelphia 76ers Logo

Minnesota Timberwolves

Desde 1989, o mascote da equipe, o lobo da floresta de Minnesota, invariavelmente aparece no logotipo nas cores azul, verde e cinza. Este animal transmite a ideia de trabalho em equipe e perigo aos rivais.

Minnesota Timberwolves Logo

Primeiro, o perfil do lobo foi colocado em um círculo, depois ele foi colocado acima de uma floresta. A versão atual apresenta uma estrela polar (o símbolo de Minnesota) e um lobo uivante olhando para o futuro.

Minnesota Timberwolves Logo

Memphis Grizzlies

A equipe de Vancouver escolheu um urso pardo como um mascote. Depois de se mudar para Memphis, decidiu-se manter o símbolo, embora não exista ursos no Tennessee.

Desde 1995, o animal é o elemento de marca fixo da equipe. Primeiro, o urso rosnava e segurava a bola na pata. Agora vemos apenas a cabeça grande e ameaçadora em dois tons de azul com olhos amarelos brilhantes.

Memphis Grizzlies Logo

Oklahoma City Thunder

O Seattle Supersonics Club foi fundado em 1967, mas depois de se mudar e ser vendido em 2008, mudou o nome para Oklahoma City Thunder. Isso ocorreu devido ao clima da região, onde tempestades e tornados são comuns.

Primeiro, o logo mostrava uma bola verde representando a sonda Sonic. Então, em anos diferentes, várias bolas e a silhueta de Seattle foram escolhidas para o logotipo. Desde 2009, o logotipo ficou minimalista: o monograma “OKC” no escudo e a palavra “Thunder” no topo. A cor azul está associada à bandeira dos EUA, enquanto amarela e laranja com a luz do sol.

Oklahoma City Thunder Logo

Indiana Pacers

Nos anos 60, o nome foi definido pela sua localização: as pessoas em Indiana gostam de dirigir em grande velocidade (pacer).

A principal característica da marca da equipe é a estabilidade. Eles usaram apenas três cores (branco, amarelo e azul) e uma bola como símbolos ao longo de sua história. Inicialmente, a bola era segurada por uma mão dentro da letra “P”, que foi substituída por três listras indicando movimento. Agora, a imagem foi colocada dentro de um círculo amarelo com a inscrição “Indiana Pacers”.

Indiana Pacers Logo

Detroit Pistons

Em 1939, o fundador da “Zollner”, fabricante de pistões, organizou o clube Fort Wayne Zollner Pistons. Em 1957, quando ele se mudou para Detroit, o Detroit Pistons nasceu.

O primeiro logotipo em 1941 apresentava um personagem de desenho animado, semelhante a um robô, feito de pistões. Mas desde o final dos anos 50, seu estilo visual é caracterizado pela simplicidade e concisão. Nessa época, o logotipo foi representado pela inscrição “Detroit Pistons” em cima de um fundo em forma de bola. Com pequenas alterações, essa marca foi preservada até hoje.

Detroit Pistons Logo

Golden State Warriors

Em 1946, a equipe Philadelphia Phyllis nasceu na Filadélfia. Dois anos depois, o nome foi alterado para Warriors. Este nome era representado pela imagem de um índio. Este símbolo foi preservado em várias versões por 24 anos.

Depois de se mudar para São Francisco, a equipe adquiriu um novo nome – Golden State Warriors – e o logotipo representando a famosa ponte Golden Gate. Desde então, os elementos de marca da equipe sempre incluíram os contornos da ponte ou da baía. A única exceção foi um curto período na virada do século, quando os designers sugeriram a imagem de um guerreiro segurando um raio.

Golden State Warriors Logo

Los Angeles Clippers

A equipe foi de Buffalo Braves (os soldados indianos) para San Diego Clippers (um veleiro rápido pelo qual San Diego era famoso) e depois para Los Angeles Clippers.

Los Angeles Clippers Logo

Nos anos 70, a história da identidade da equipe começou com a imagem de um touro em uma bola emoldurada por penas. Depois, os designers usaram a imagem de três triângulos simbolizando uma vela e um círculo semelhante ao sol poente. Nos anos 80, a marca tornou-se lacônica: uma bola, a inscrição “Los Angeles Clippers” e listras horizontais. Desde então, o conceito do emblema quase não mudou: agora é dominado pela grande palavra “Clippers”, emoldurada por linhas curvas que lembram o horizonte do mar.

Los Angeles Clippers Logo

Pacote Completo de Identidade de Marca

Use o criador de logotipo Logaster para lançar rapidamente sua marca. Digite o nome da sua empresa e receba um pacote de branding profissional em 60 segundos! Experimente, é fácil!

Pelo menos 3 caracteres de comprimento.