Sem Categoria

Os melhores e piores logos de empresa: exemplos de design criativo

Além da lista com os melhores logos de empresas, nós também reunimos exemplos de design não tão bons de certas empresas. Por que esses logos são considerados ruins e quais lições podemos aprender olhando para eles? Antes de nos aprofundarmos nesse tema, devemos falar sobre uma regra fundamental.
Na maioria dos casos, o sucesso de uma empresa não tem nada a ver com a identidade visual da empresa. Será que se a Apple tivesse algum outro símbolo em seu logotipo, ela não seria bem-sucedida? Nós duvidamos disso.
Um logotipo em si não importa necessariamente. O que importa é como e onde você o usa. Empresas de sucesso usam os seus logos toda vez que se comunicam com seus clientes. Como resultado, os clientes podem se relacionar com a empresa e seus produtos, e isso sim, é extremamente importante.

Negócios lucrativos / design de logotipo caro e de alta qualidade – excelente!
Negócios lucrativos / design barato e de baixa qualidade – ruim!
Negócio instável, malsucedido / design de alta qualidade e caro – péssimo!
Negócio instável / malsucedido / design barato e de baixa qualidade – ruim!
Nova empresa / logotipo acessível – tudo bem!

Depois de discutir os princípios gerais, podemos passar para os exemplos específicos. Começaremos com exemplos de bons logos – você os encontrará na próxima parte deste artigo.

Os maiores designs de logo para empresa

Reunimos aqui os exemplos de maior destaque de logotipos de alta qualidade que ajudaram muitas empresas a se tornarem líderes do setor. Esta lista de empresas famosas inclui marcas como:

General Electric

O logo da General Electric, uma grande fabricante de equipamentos, não mudou muito desde a fundação da empresa em 1892.

E por que deveria ter mudado? As letras da GE, escritas com uma fonte elaborada e decoradas com pinceladas curvas, combinam simplicidade e eficácia – qualidades que os clientes da General Electric esperam da empresa. Além disso, o símbolo, inspirado no tema Art Nouveau, assemelha-se ao tambor rotativo de uma máquina de lavar roupa – um dos produtos mais populares da empresa.

JPMorgan Chase

A JPMorgan Chase é um conglomerado financeiro líder e um dos maiores bancos do mundo, com o enorme valor de ativos de 2,35 trilhões de dólares.

Além disso, a JPMorgan Chase ocupa o sexto lugar no ranking das maiores corporações do mundo. Em outras palavras, é uma marca que fala por si.
O logo do banco reflete a sua posição dominante.
O que torna o logotipo da JPMorgan Chase reconhecível e eficaz?
Com uma fonte simples, porém massiva, e gráficos minimalistas, o símbolo do JPMorgan Chase emana poder e autoridade. Além disso, ele cita: “Se você não nos pagar a tempo, cobraremos muito!” Parece intimidante, certo?

Facebook

Se você entende um pouquinho sobre redes sociais, sabe o que é o Facebook.

É interessante saber que a empresa de Mark Zuckerberg originalmente era chamada de “O Facebook”. No entanto, o artigo foi removido rapidamente. A empresa de TI iniciou uma revolução na comunidade da Internet e se transformou em uma das redes sociais mais populares do mundo.
O logo do Facebook tem uma qualidade que é valorizada na indústria de design gráfico: ele permite que o espectador reconheça a marca imediatamente. Tendo em mente que o logo deveria permanecer reconhecível, a empresa o alterou ligeiramente e deixou os elementos-chave inalterados.

ExxonMobil

A ExxonMobil é a maior companhia de petróleo do mundo, com acionistas que desfrutam de enormes lucros. A Exxon e a Mobil costumavam ser empresas separadas.

Em 1998, eles decidiram unir e compartilhar seus conhecimentos e recursos. (Talvez querem conquistar o mundo?)

Uma empresa tão bem-sucedida e respeitável deve ter um logotipo apropriado! No entanto, por algum motivo, este não foi o caso. Simplista e chato, o símbolo da ExxonMobil não reflete a natureza dessa marca poderosa.

Que lição pode ser aprendida com este exemplo? Menos nem sempre é mais.

Amazon

Muitas pessoas provavelmente dizem diariamente: “Obrigado, Amazon!”

Graças ao Amazon Prime, você pode encomendar qualquer produto e obtê-lo dentro de 48 horas ou até mais rápido. Além disso, você obtém entrega gratuita (ou quase gratuita).
Os donos de loja virtual conhecem bem as vantagens que ela tem e as tornam visíveis no logotipo da Amazon. Você vê a seta que vai de A a Z? Ele imita o movimento e diz que a Amazon pode entregar seu pedido do depósito deles até a porta da sua casa. No entanto, estes não são os únicos significados que podemos ser vistos neste símbolo. A seta também imita um sorriso, o que significa que a Amazon garante um serviço de alta qualidade e garante a total satisfação do cliente.

Microsoft

Apesar de algumas más escolhas durante os últimos anos (sim, Zune e Windows 10, estamos falando sobre vocês!), a revisão do logotipo de 2012 da Microsoft foi um sucesso.

O logotipo usado entre 1987 e 2012 não foi tão ruim assim. (Eu particularmente gostava da letra O que parecia o Pac-Man). No entanto, no que diz respeito ao design, foi um desastre.
Em termos de cores, o novo símbolo parece muito mais amigável. A pessoa que escolheu representar os principais produtos da empresa usando quatro janelas quadradas foi genial! A janela azul significa Windows OS e a janela vermelha o MS Office. A janela verde simboliza o console de jogos Xbox. Por fim, a janela amarela… bem, a janela amarela não representa nada, mas é necessária porque uma janela deve ter quatro seções.
Em relação à criação de uma imagem consistente, a Microsoft parece ter mais problemas do que as outras empresas. Toda vez que a Microsoft altera o seu símbolo, ela parece completamente diferente, como se nada ligasse aos logotipos anteriores.

Nike

A Nike é famosa não apenas por seus calçados esportivos, mas também por ter um dos melhores logotipos comerciais do mundo.

O famoso swoosh da Nike é um exemplo de como um logotipo pode desempenhar um papel significativo no estabelecimento da reputação de uma empresa e transformá-la em uma marca confiável e respeitável. Embora subestimado no começo, o swoosh se tornou um símbolo da cultura esportiva.
O símbolo peculiar do logo da Nike é frequentemente chamado de “swoosh” em referência ao som que ouvimos quando algo passa por nós em alta velocidade. A palavra denota um som agudo, velocidade e movimento, que pode ser visto na curva do símbolo.
A história do Swoosh da Nike é a história de um patinho feio que se tornou um belo cisne.

BMW

O lendário logotipo da BMW nasceu da junção do símbolo redondo da Rapp-Motor, com a sua silhueta negra, e da bandeira bávara, com seu padrão branco e azul. Foi assim que o círculo negro com os quadrados brancos e azuis surgiu.

Após a Primeira Guerra Mundial, a especialização da empresa passou por grandes mudanças. Em vez da aviação, eles começaram a se concentrar na fabricação de motocicletas e carros. O logotipo da BMW permanece quase inalterado desde 1917. A transformação mais significativa ocorreu em 2000, quando o logotipo ganhou um efeito 3D.

MasterCard

Em 1966, a empresa Mastercard era conhecida como Master Charge. Seu primeiro logotipo apresentava dois círculos sobrepostos e as palavras “Master Charge: The Interbank Card”.

Em 1979, a empresa encurtou o seu nome para o sucinto “Mastercard”. O novo nome pedia um novo logotipo. Como resultado, ele passou por grandes mudanças e as cores corporativas tornaram-se mais saturadas e a fonte ganhou mais peso. Em 1996, o logotipo assumiu uma aparência tridimensional.

FedEx

Em 1971, o logotipo da FedEx apresentava o nome completo da empresa, “Federal Express”, em fonte inclinada.

O logotipo usava tons patrióticos vermelhos e azuis que evocavam associações com o governo americano. Devido à sua crescente popularidade, em 1994 a marca decidiu dar adeus ao seu logo original. O novo design era tão elaborado quanto o antigo, com uma seta escondida entre as letras E e X. A seta é uma referência às principais vantagens da empresa, que são velocidade e confiabilidade.

IBM

O logotipo da IBM foi criado pela primeira vez em 1924, quando a Computing-Tabulating-Recording Company foi renomeada para International Business Machines.

O novo nome transmitia uma sensação mais moderna. O logotipo de 1924 era uma versão atualizada do emblema de 1911 usado pela CTR. O requintado logotipo da CTR, com sua fonte sofisticada e arejada, foi substituído por um texto volumoso que dizia “International Business Machines” (com ênfase especial na palavra “International”). Em 1947, quando a marca renovou sua tecnologia, o emblema circular foi substituído pela abreviação da IBM, que se tornou o símbolo da empresa. Em 1956, o famoso designer Paul Rand tornou as letras IBM pretas e maciças. O novo design enfatizou a estabilidade e a confiabilidade como os principais benefícios da marca. Em 1972, Rand foi convidado a renovar a imagem mais uma vez. Para fazer uma imagem dinâmica e flexível, ele adicionou listras a ela. O resultado foi bom e a IBM ainda se mantém fiel a essa versão de seu logotipo.
A variedade de logotipos discutidos acima foi desenvolvida através do uso de regras similares. Mas quais são elas? Vamos descobrir abaixo!

O que podemos aprender com esses logotipos?

Que conclusões um empreendedor pode tirar das histórias mencionadas acima?

Decida o que seu logotipo vai informar ao público sobre a sua marca

O símbolo deve transmitir a essência do seu negócio e ainda destacar os seus principais recursos. Por exemplo, quando você olha para o logotipo da JPMorgan Chase, você imediatamente entende que ele representa uma empresa influente que desfruta de uma excelente reputação obtida ao longo de anos de trabalho árduo. Como seu logo define seu negócio?
Segundo o nosso estudo, a maioria dos empresários acredita que um logo deve refletir e se adequar ao seu ramo de atuação. Apenas 16% dos entrevistados acham que isso não é uma regra restrita.

Não tenha medo de causar uma forte impressão

Claro, você deve evitar um design exagerado. Ao mesmo tempo, não tenha medo de criar um emblema memorável que possa entrar nos holofotes.

Crie um logo simples

Essa regra e a anterior parecem contraditórias, mas, na verdade, se complementam. Seu logo deve ser simples. Isso vale para cores, fontes e o número de elementos. Veja o logotipo da Nike; é um bom exemplo de uma abordagem simples, mas eficaz.

Encontre uma boa ideia e se mantenha a ela

Muitas empresas, como Apple, Johnson & Johnson e General Electric, permaneceram fiéis aos seus antigos logotipos. A Johnson & Johnson mantém seu logo há mais de um século! Embora essas empresas possam alterar seus design de tempos em tempos, as mudanças são insignificantes.
Embora a reinterpretação de uma identidade corporativa nunca seja um passo em falso, tente encontrar soluções de design que reflitam o núcleo de sua marca. Os clientes se acostumam com os logos e constroem relações emocionais com eles. A consistência em seu logotipo pode garantir que a sua imagem empresarial permaneça identificável e reconhecível ao longo dos anos.
Você está pronto para outra dose de inspiração? Dê uma olhada nos belos e criativos logos que comprovam que o design gráfico é uma arte em si.

Exemplos de logos de empresas muito bem projetados

Na maior parte, os logotipos transmitem uma certa mensagem (por exemplo, informações sobre a qualidade dos serviços que a empresa oferece). Reunimos dezenas de logos de empresas que são ótimos exemplos de design gráfico de alta qualidade. Compartilhe a sua opinião nos comentários! Quais emblemas mais te impressionaram?



Agora que vimos os designs dos logos de empresas da forma como devem ser, vamos examinar os logos mal feitos para que você saiba o que evitar.

Exemplos de logotipos mal projetados

Como você define se um logo é bom? Se ele for simples e reconhecível. Também deve refletir a ideia que está por trás da marca e permite que os clientes reconheçam a marca imediatamente. Logotipos que são muito sofisticados ou abstratos demais não conseguem estabelecer um vínculo emocional com o público.

Você deve conhecer o seu inimigo, certo? Além dos bons exemplos de logos, coletamos também exemplos de logos mal projetados. Não os copie sob nenhuma circunstância!

Como os logotipos não devem ser projetados

Todos os logos ruins têm algumas coisas em comum. Então, quais são os principais erros que devem ser evitados?

Não se concentre nas tendências modernas

As tendências modernas vêm e vão, o que significa que elas desaparecem rapidamente. Se você quiser criar um logotipo verdadeiramente intemporal, não deixe que as tendências modernas o tentem.

Evite complexidade excessiva

Não encha o seu logo com muitos significados ou conceitos. Caso contrário, será difícil de perceber e decifrar estes conceitos. Um bom logotipo é aquele que é simples e fácil para qualquer público entender.

Não torne ele muito direto

Ao mesmo tempo, os logos muito simplistas devem ser evitados. Um logotipo deve transmitir claramente as ideias e valores da empresa. Criar uma solução ideal pode ser um desafio, mas o resultado vale a pena.

Não faça plágio

A falta de originalidade é a pior desvantagem que um logotipo pode ter. É isso que você deve tentar evitar. Uma imagem corporativa desanimadora e chata pode levar a consequências imprevisíveis, de clientes decepcionados a ações judiciais multimilionárias de outras empresas.

Não use um estilo que não seja uniforme

Não é incomum que dois designers diferentes desenvolvam um logotipo. É aí que o caos geralmente acontece. Às vezes, designers amadores combinam elementos que não são harmoniosos. Por exemplo, o ícone e a fonte podem criar algo desequilibrado que parece estar fora do lugar. Evite de qualquer maneira essa abordagem. Seus clientes notarão imediatamente que algo está errado.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo.

Agora você já sabe como é um bom design de logo empresarial e quais erros evitar ao criar um logo.
Quer mais dicas de design de logotipo e belos emblemas? Baixe o nosso livro grátis “Como criar uma identidade de marca sem ir à falência” e crie logos inteligentes com o criador de logos Logaster!

Crie e faça o download do logo da sua empresa em apenas alguns minutos. Uma versão pequena do logo está disponível gratuitamente!
Qual é a coisa mais importante que você aprendeu com este artigo sobre bons e maus designs de logo? Talvez você tenha algumas dicas úteis para empreendedores que estão criando a identidade de uma marca. Compartilhe as suas ideias nos comentários!

About Alexander Lewin

No information is provided by the author.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *